ilha-do-mel-curitiba-bate-volta-parana
Ilha do Mel “Bate-Volta” saindo de Curitiba por conta própria

A Ilha do Mel é uma área de preservação ambiental, cercada por exuberante beleza da natureza. Lá não circulam veículos e para conhecê-la terá que ser caminhando ou pedalando. A melhor maneira é de bicicleta, que podem ser alugadas ao custo aproximado de R$ 30,00 por dia.

Se estiver em Curitiba dá para fazer um “Bate-Volta”, que foi o meu caso. Se for passar a noite por lá, reserve sua pousada pelo site do Booking e garanta sua estadia com antecedência. Escolha uma com ar-condicionado, pois o calor lá é violento, rsrs.

Como chegar

Fui de ônibus de Curitiba até Pontal do Sul, de onde saem os barcos para a ilha, comprei as passagens de ônibus no site da Viação Graciosa (pontal/ilha do mel), por R$ 71,30 ida e volta. A passagem do barco deverá ser comprada na hora do embarque, R$ 35,00 ida e volta, saída a cada meia hora. A ilha está dividida pelas vilas: Encantada, Nova Brasília e Fortaleza. Optei por desembarcar em Nova Brasília.

Na ilha

Fui primeiro ao Farol das Conchas, a vista é deslumbrante de toda a ilha do mel, para se chegar ao topo do farol tem uma escadaria com 150 degraus, na descida se refresque na praia do Farol.

Há várias praias, com água quentinha e poucas ondas. Almoço na ilha é em torno de R$ 30,00 prato executivo. Há lojinhas de artesanatos, roupas e supermercados. Passei a tarde na praia, estava calor d+ e só de sair d’água já me derretia, então não tive pique para ficar zanzando.

Caminhe pelas diversas trilhas que encontrará, depois retorne ao porto e pegue o barco para conhecer a Gruta Encantadas, eles saem de meia em meia hora ao custo de R$ 20,00. Aproveite também para fazer o trecho de uma vila a outra ao custo de R$ 8,00 (valores/2018).

Ainda não escolheu o hotel para se hospedar? Então veja minhas dicas de onde ficar em Curitiba.

• Hotel Centro Europeu Tourist
• Hotel San Martin
• Hotel barato próximo ao aeroporto de Curitiba – Bristol Portal do Iguaçu

Veja também:
• 
Bate Volta de Curitiba para o Parque Beto Carrero World

• Passeio de trem à Morretes e Antonina/vagão turístico
• Linha Turismo: melhor maneira de conhecer atrações turísticas em Curitiba
• Viva o Mercado Municipal de Curitiba
• Encontro da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem – RBBV em Curitiba
• Conheça o Museu Egípcio em Curitiba
• Lugares para sair a noite em Curitiba

Planeje sua viagem aqui!

Faça suas reservas clicando nos links dos nossos parceiros, você não paga nada a mais por isso e nós ganhamos uma pequena comissão. Você garante os melhores preços, serviços e ainda ajuda o blog a continuar compartilhando dicas de viagens pelo mundo! ​Muito obrigado e boa viagem!

  • HospedagemHospedagem: Booking
  • Passagens aéreasPassagens Aéreas: Passagens Promo
  • Aluguel de carroAluguel de Carro: RentCars
  • Seguro viagemSeguro Viagem: Seguros Promo, use o cupom DIARIODETURISTA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem.
  • chipChip internacional: Viaje Conectado, use o cupom DIARIODETURISTA10 e receba 10% de desconto em seu Chip.
  • Roteiro personalizadoRoteiros Personalizados: O blog Diário de Turista planeja sua viagem e elabora um roteiro exclusivo para você, saiba mais.

    Comentários

  1. Camila Neves
    23 /abril /2019

    Oie! Eu moro em Curitiba e por aqui Ilha do Mel é um destino muito conhecido e amado, deve ser por causa da proximidade dos dois lugares 🙂 Eu ainda não conheci, mas adorei as dicas!

  2. Bruna
    23 /abril /2019

    Ótima dica, eu não sabia que dava para fazer um bate e volta de Curitiba, achava que era mais longe!

  3. Sabrina Mix
    11 /setembro /2018

    Que legal!

    Estou montando um roteiro para minha mãe e uma tia. Seu post foi de grande ajuda.

    Obrigada por ter compartilhado seu passeio com a gente.

    Beijos e sucesso!!!

    • Paloma
      12 /setembro /2018

      Que bom saber que pude ajudar 🙂 obrigado e boa viagem!

  4. Marta Chan
    13 /março /2017

    Que lugar mais tranquilo, por mim ía agorinha mesmo para esta ilha e sair deste frio da Europa. Adoro agua morna e trilhas para explorar um pouco mais a area.

  5. contramapa
    13 /março /2017

    Nunca tinha ouvido falar da ilha do Mel. As praias parecem ótimas, que boa dica!

  6. flavia donohoe
    12 /março /2017

    Um dos lugares que quero conhecer em um futuro próximo, sempre que leio algo a respeito fico doida querendo conhecer! O lugar é lindo mesmo!

  7. Essa ilha é tudo o que eu gosto em um lugar: belas vistas, praia de água quentinha, artesanato… A Ilha do Mel tem todos os elementos para passarmos ótimos momentos. Foi ótimo você ter colocado os valores porque assim nos programamos melhor. bjus

  8. Keul Fortes
    11 /março /2017

    Adorei! Uma ótima opção para quando eu for viajar a Curitiba. Parabéns pelo post! Ficou show.

  9. Maira
    11 /março /2017

    Seu post me trouxe nostalgia e sauddaes da Ilha. Nunca fiz o passeio de bike, como você sugeriu mas deve ser otimo! Tambem amo as trilhas da Ilha e odeio o calor. Precisa mesmo escolher um lugar com ar condicionado!

  10. Luciana
    11 /março /2017

    Show. Adorei as dicas. Para quem mora em Curitiba é um roteiro pronto, basta seguir 🙂 E suas fotos estão lindas demais, parabéns pelo texto e pelas imagens.

  11. Gil Sousa
    11 /março /2017

    Que fotos lindas!! Todas as fotos que vejo do Brasil são sempre um sonho, desejo imenso visitar um dia! Gosto imenso desses locais onde não se pode conduzir, bem mais descontraído e com bem menos poluição 🙂

  12. Itamar Japa
    11 /março /2017

    Adoro a Ilha do Mel, é um dos destinos mais legais do litoral paranaense. Embora já tenha frequentado muito lá, principalmente quando surfava, faz bastante tempo que não coloco os pés na ilha. Já tá na hora de voltar e lendo este seu post a saudade só aumentou.

Deixe seu comentário:






* campos obrigatórios