manaus-indios-roteiros-dicas-de-viagem
O que fazer em Manaus (AM)? Roteiro completo para 6 dias

Manaus, a capital do maior estado do Brasil, é a porta de entrada da maior floresta tropical do mundo. A cultura é predominantemente indígena, rica em artes, músicas, danças e artesanatos. A melhor época para conhecer a cidade é nos meses de junho e agosto quando o nível dos rios está alto, chove menos e você pode aproveitar melhor os passeios ao ar livre. Se prepare para o calor, o tempo em Manaus é quente durante o ano todo e ainda no verão chove bastante.

1° dia/sábado

Ficamos hospedamos no Park Suítes (em 2016 o nome do hotel mudou para Flat Tropical), localizado às margens do Rio Negro, é muito confortável e tem uma vista incrível para a Praia de Ponta Negra e Floresta Amazônica. O hotel oferece quartos confortáveis com frigobar, ar condicionado, mesa de trabalho, tv a cabo, sofá, armário, wi-fi e amenites de banho. Para entretenimento dispõe de uma piscina maravilhosa com borda infinita, academia, restaurante e bar.

Sua localização é excelente e tem fácil acesso aos principais pontos turísticos: Teatro Amazonas 11 km, centro da cidade 13 km, Shopping Center Ponta Negra 5 km e aeroporto 7 km. O táxi do aeroporto até o hotel custou R$ 60,00, preço tabelado (maio/2014).

2° dia/domingo

Pela manhã fomos ao Porto do Ceasa procurar passeios de barco, lá conhecemos o Capitão Bacurau e combinamos os passeios para o dia seguinte. A tarde fomos ao Zoológico do CIGS, o local é mantido pelo Exército Brasileiro e conta com aproximadamente 200 animais da fauna amazonense, dentre eles onças, macacos, araras e várias espécies de peixes.

Dica: leve guarda-chuva, lanche e água.
Funcionamento: terça a sexta das 09h às 17h, sábado e domingo das 09h às 18h, não abre segunda-feira.
Entrada: R$ 5,00 (maio/2014).

À noite fomos ao calçadão da Praia de Ponta Negra (1 minuto do hotel), as margens do Rio Negro, possuem vários quiosques com comidas típicas e loja de conveniência, lá você encontra o famoso Tacacá (caldo de mandioca com camarão, tucupi e jambu). Na praia tem um anfiteatro muito bonito e todas as noites tinham apresentações com músicas, danças e muita cultura regional. O bairro é limpo, com várias opções de hotel e de fácil acesso aos pontos turísticos.

3° dia/segunda-feira

Saímos do Porto Ceasa às 09h para um passeio de barco pelo rio. Começamos pelo “Encontro das Águas”, onde do Rio Negro encontra com o Rio Solimões, formando assim o Rio Amazonas, é incrível a diferença da cor das águas e da temperatura.

No caminho avistamos várias casas flutuantes, muito interessante a forma como as famílias residem, tem comércio, escola e até igreja. Em uma delas possuem jacarés, cobras e bichos-preguiça para os turistas tirarem fotos.

A parada para o almoço foi no restaurante flutuante “Rainha da Selva”, tem lojinha de artesanatos dos índios e as famosas “Vitória-Régia”, é uma das maiores e mais lindas plantas aquáticas do mundo.

manaus-vitoria-regia-amazonas

Do restaurante fomos ao banho com os Botos cor-de-rosa, são tão dóceis que chegam a deitar no colo dos turistas. Há regras para visitação e limitação no número de pessoas, pois é preciso respeitar o habitat dos animais.

botos-cor-rosa-manaus-amazonas

A última parada foi na Aldeia Indígena, os índios fazem uma dança de boas-vindas e nos colocam para dançarmos juntos em roda.

aldeia-indigena-manaus

4° dia/terça-feira

Pela manhã, fomos ao Manauara Shopping fazer compras de artesanatos, o lugar é bonito e tem uma área verde no centro do shopping, já a praça de alimentação tem comidas da região, lojas de doces e geleias amazonenses. Almoçamos por lá e aproveitamos o restante do dia para irmos ao Museu do Seringal Vila Paraíso, local que foi filmado o filme “A Selva”. Todo o passeio é guiado e dura cerca de uma hora.

O museu funciona de terça a domingo das 8h às 16h. O valor da visita foi R$ 5,00 por pessoa.

Como chegar: vá de ônibus ou táxi até Marina do Davi, depois pegue um barco lotação que custa R$ 18,00 (ida e volta por pessoa). Se estiver no Park Suítes ou Tropical, você pode ir até a Marina a pé (a distância é 2 km), ou ir no ônibus 120 que passa do outro lado do calçadão da orla de Ponta Negra. 

5° dia/quarta-feira

Combinamos com o capitão Bacurau um tour privativo de barco passando nos mesmos passeios de segunda-feira, pagamos R$ 300,00, valeu muito a pena, tivemos mais privacidade e escolhemos quanto tempo ficar em cada lugar que íamos parando. O capitão é muito simpático e atencioso, os passeios com ele são agradáveis e o barco em bom estado. Telefone do Bacurau: (092) 99100-0567.

6° dia/quinta-feira

O voo para retornarmos para Minas Gerais era às 15h, então aproveitamos a manhã para conhecermos o centro e visitar o Teatro Amazonas que foi inaugurado em 1896 para apresentações de peças e óperas, hoje é o principal cartão-postal da cidade e considerado um dos mais belos teatros do mundo. De lá, fomos ao Mercado Municipal fazer compras e almoçar, o lugar é bem organizado e tem muitos restaurantes com comidas típicas e variedades de souvenires com preço mais em conta. Não deixe de provar o peixe Pirarucu, é delicioso.

Para esse passeio, combinamos a diária com o taxista para nos levar no teatro, mercado e depois para o aeroporto, pagamos R$ 150,00 pelo roteiro.

 

manaus-floresta-amazonica-teatro-municipal

 

Você já conhece Manaus? Conta para nós o que você achou, dê sua opinião nos comentários!


Veja também

• 7 livros para ler antes, durante e depois da viagem

• 8 frases de viagens inspiradoras

Planeje sua viagem aqui!

Faça suas reservas clicando nos links dos nossos parceiros, você não paga nada a mais por isso e nós ganhamos uma pequena comissão. Você garante os melhores preços, serviços e ainda ajuda o blog a continuar compartilhando dicas de viagens pelo mundo! ​Muito obrigado e boa viagem!

  • HospedagemHospedagem: Booking
  • Passagens aéreasPassagens Aéreas: Passagens Promo
  • Aluguel de carroAluguel de Carro: RentCars
  • Seguro viagemSeguro Viagem: Seguros Promo, use o cupom DIARIODETURISTA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem.
  • chipChip internacional: Viaje Conectado, use o cupom DIARIODETURISTA10 e receba 10% de desconto em seu Chip.
  • Roteiro personalizadoRoteiros Personalizados: O blog Diário de Turista planeja sua viagem e elabora um roteiro exclusivo para você, saiba mais.

    Comentários

  1. Contramapa
    17 /novembro /2016

    Os animais dão medo!! Mas gostei muito do seu roteiro. Um dia quando voltar ao Brasil quero muito conhecer a Amazônia! Quando estive no Brasil em 2014 foi por muito pouco tempo e só pude conhecer o Rio de Janeiro! Hei-de voltar!! 😀

    • Paloma
      21 /novembro /2016

      O Rio é muito bonito, mas a Amazônia é daquelas viagens imperdíveis que merece ser feita! Obrigado

  2. liz
    21 /agosto /2016

    que lindo! conhecer novos lugares e culturas e maravilhoso, sonho muito em ir a manaus <3

  3. Língua de Gato
    2 /agosto /2016

    O Teatro de lá é bem parecido com o Teatro da Paz daqui de Belém, falando da estrutura externa. Adorei conhecer mais sobre Manaus, o que mais me impede de ir pra lá é o barco haha morro de medo. Mas quem sabe um dia né. Ótimo lugar, adorei o post e as indicações.

    • paloma
      16 /agosto /2016

      Obrigado, não deixe de ir Manaus é tudo de bom, merece ser visitado, mesmo que não ande de barco.

  4. Sofia Goulart
    30 /julho /2016

    Em 2006 passeio minha lua de mel em Manaus, não podia ter escolhido destino melhor! Manaus tem ótimos passeios, muita natureza e paz.

    • paloma
      16 /agosto /2016

      Minha lua de mel também foi lá que coincidência rsrs, também adorei!

Deixe seu comentário:






* campos obrigatórios