livros-viagem-dicas
7 livros para ler antes, durante e depois da viagem!

É essencial ter um livro na mochila na hora de viajar, se viaja sozinho (a) talvez seja sua melhor companhia. Em minhas viagens levo ao menos um guia do lugar que estou indo visitar, além de entreter aprendo sobre a cultura do local. A leitura de livros de viagem nos proporciona uma viagem de volta ao mundo, com informações, dicas e fotos de lugares históricos e turísticos.

Escolhi 7 livros para ler antes, durante e depois de uma viagem, independente do gênero que você goste de ler, tenha com você um bom livro, seja para se inspirar, viajar ou passar o tempo, o importante é o conhecimento adquirido através da leitura. Faça você uma viagem literária também!

100 Viagens Inspiradroras

(Saraiva) Certos lugares ao redor do mundo tocam a alma profundamente. Através dos tempos adquirem uma rica significação simbólica e se tornam locais sagrados para diversas culturas e religiões. Cem desses fantásticos refúgios – de monumentos naturais, como o Canyon de Chelly, nos EUA, a complexos arquitetônicos de templos, como Angkor Wat, no Camboja – são apresentados em textos meditativos e fotos impressionantes, trazendo à tona uma inspiração para viagens reveladoras e diferenciadas.

Páginas: 240 

Cem dias entre Céu e Mar

(Saraiva) Cem Dias Entre Céu e Mar, é o relato de Amyr Klink de sua travessia do oceano Atlântico a bordo da ‘lâmpada flutuante’ (o apelido que ele deu a seu minúsculo barco à remo), uma intensa poesia atravessa todo esse livro: nas conversas com os objetos a bordo e com os dourados e tubarões que lhe fazem companhia, na esplêndida visão de uma baleia que surge sob o barco no meio da noite; ou ainda na forma como procura enxergar o tempo, na numeração do cardápio, nas páginas do diário, nos fins de semana, nas dobras da carta, onde ia anotando pacientemente dia a dia as agruras e alegrias da viagem. Sua mistura de valores tradicionais e ousadia, que sustenta este navegador em seus difíceis desafios.

Páginas: 231 

1.000 Lugares para conhecer antes de morrer

(Saraiva) Seja você um viajante inveterado ou alguém que simplesmente adora ler sobre lugares e culturas diferentes, vai se deliciar com esta extraordinária seleção do que existe de melhor para ser visto e apreciado nos cinco continentes – de belezas naturais a maravilhas criadas pelo homem. Entre as opções selecionadas pelo olhar perspicaz de Patricia Schultz para atender a todos os gostos e bolsos estão reservas ecológicas, ruínas sagradas, resorts, restaurantes, vilarejos esquecidos pelo tempo, museus, teatros, catedrais, fiordes, cavernas, cruzeiros, safáris, trilhas, passeios de balão e ilhas fantásticas.

Páginas: 752

Grandes Viagens 

(Saraiva) O livro convida os leitores ao desbravamento de rotas, das mais conhecidas até algumas pouco percorridas. Ilustrado com belas fotos que mostram a vida em diversos pontos do planeta, a publicação sugere ao viajante destinos clássicos, muitos deles inspirados em jornadas que marcaram o mundo num tempo em que ainda era um grande horizonte desconhecido (algumas rotas comerciais citadas datam de 200 a.C.).

Páginas: 312

O Atlas do Viajante 

(Saraiva) Uma análise dos destinos de viagem mais espetaculares do mundo para ajudá-lo a decidir para onde quer ir a seguir. Guia que percorre, de continente em continente, os sítios mais espantosos do mundo, tanto criados pela natureza como pelo ser humano, desde o Grande Vale do Rift Africano e o Grande Canyon às cidades incas perdidas da América do Sul e os templos na selva do Camboja.

Páginas: 224

Na Natureza Selvagem

(Saraiva) Depois de terminar a faculdade com brilhantismo, Chris McCandless, jovem de família rica, doa todo o dinheiro que tem, abandona o carro e a maioria de seus pertences, adota outro nome e some na estrada, sem nunca mais dar notícias aos pais. Dois anos depois, aparece morto num lugar ermo e gelado do Alasca. Por onde andou, o que buscava, por que morreu? Quem era realmente Chris McCandless? Para responder a essas perguntas, Krakauer refaz a longa saga do aventureiro até seus triste desenlace. 

Páginas: 213

Comer, Rezar, Amar

(Saraiva) Em torno dos 30 anos, Elizabeth Gilbert enfrentou uma crise da meia-idade precoce. Tinha tudo que uma americana instruída e ambiciosa teoricamente poderia querer – um marido, uma casa, um projeto a dois de ter filhos e uma carreira de sucesso. Mas em vez de sentir-se feliz e realizada, foi tomada pelo pânico, pela tristeza e pela confusão. Enfrentou um divórcio, uma depressão debilitante e outro amor fracassado, até que se viu tomada por um sentimento de liberdade que ainda não conhecia. Foi quando tomou uma decisão radical – livrou-se de todos os bens materiais, demitiu-se do emprego, e partiu para uma viagem de um ano pelo mundo – sozinha.

Páginas: 360

“A leitura de bom livro alimenta a alma e engrandece nossas emoções. Prof Maria de Fátima”.

 

Deixe seu comentário:





* campos obrigatórios