bolivia-santa-cruz-de-la-sierra-dicas
O que fazer em Santa Cruz de La Sierra na Bolívia

O que fazer em Santa Cruz de La Sierra? Infelizmente não tem muitas atrações na cidade, mas se for passar por lá saiba onde ficar e o que conhecer.

Cheguei ao aeroporto Internacional Viru Viru 01:00 h da manhã. Fui de táxi até o hotel que fica aproximadamente 20 km de distância, se chegar de madrugada faça um lanche no aeroporto!

Fiquei no Hotel Urbari Resort, tem fácil acesso aos pontos turísticos, boa estrutura, clube (servem almoço), sauna, academia, spa, quadra de tênis, centro de fitness, campo de golfe, pingue-pongue, etc. Do hotel fui em vários locais de táxi pagando apenas R$ 10,00 a corrida.

A moeda do País são os Bolivianos (Bs), use o conversor de moedas e saiba cotação online. A temperatura média anual é de 26°C, o mês mais quente é Janeiro e o mês mais frio é Julho.

Passeios
turismo em santa cruz de la sierra bolivia

Praça 24 de Setembro: Localizada no centro de Santa Cruz, muito bonita e bem movimentada, com bares, restaurantes, prédios históricos e lojas de artesanatos.

Catedral Metropolitana Basílica de San Lorenzo: Linda arquitetura por dentro e por fora. Está localizada na Praça 24 de Setembro.

Jardín Botánico Municipal Santa Cruz: Diversas espécies de plantas, árvores e flores. É um bom lugar para passar o dia e apreciar a natureza.

Zoológico Municipal: Possui grande espécie de Fauna.

Onde comer

Restaurantes em santa cruz de la sierra boliviaRestaurantes em santa cruz de la sierra bolivia

Avenida San Matin e Avenida Monseñor é o lugar para entretenimento e diversão à noite, cercado por bares, discotecas, restaurantes, pastelarias e churrascarias. Na praça 24 de Setembro há também ótimas opções.

Café 24: Localizado na Calle René Moreno esquina Sucre, em frente a praça. Boa opção para um fim de tarde.

Resto-Bar Café Lorca: Com música ao vivo e peças de teatro, excelente comida e bom preço. Reservas podem ser feitas pelo site.

Compras:

Restaurantes em santa cruz de la sierra bolivia

Feira Barrio Lindo:  Feira grande e encontramos de tudo um pouco, roupas, acessórios, sapatos, confecções, cama, mesa e banho.

Último dia:

O voo de volta para o Brasil era às 03 h da manhã, fui de táxi para o aeroporto. Na hora de embarcar fui surpreendida com uma taxa de embarque (sendo que eu já havia pagado no Brasil), o valor era de 50 Dólares que devia ser paga em Bolivianos ou Dólares. No aeroporto tinham alguns caixas eletrônicos, mas nenhum que aceitasse a bandeira do cartão que eu tinha. Tive que pedir emprestado para um Boliviano que estava levando seu filho para embarque, ele foi muito generoso e me emprestou, o filho estava no mesmo avião que eu, passei o dinheiro para ele quando chegamos em São Paulo. Se não pagasse a taxa, perderia o avião e teria que comprar uma nova passagem. Mas graças a Deus, deu tudo certo!

Importante: Evite fazer câmbio em praças, faça apenas em locais confiáveis e peça o recibo!

Boa Viagem!  🙂

Deixe seu comentário:





* campos obrigatórios